SP – Capela de Tia Eliza – Violonista Zezo Ribeiro, um brasileiro virtuoso das cordas, também é um Categeró

O pequeno Zezo, afilhado do Beato Antônio de Categeró

Ao centro da foto, nos braços de Vilma, o afilhado de Santo Antônio de Categeró

O violonista paulistano, um dos virtuosos brasileiros, Antônio Sergio Ribeiro, em sua entrevista no “Programa do Jô Soares”, em abril do ano de 2007, revelou a origem de seu nome artístico Zezo. Antes disso, fez questão de revelar, que é filho adotivo. Inclusive dizendo ter muito orgulho disso, dizendo incentivar as pessoas a adotarem. Ocorre que o apelido carinhoso recebeu de seu avô, o português naturalizado brasileiro, João Ribeiro. Quando de sua chegada, na casa da família, um pequeno nenê. Seus pais Miguel (filho do João) e Vilma sua mãe, com 19 anos, fizeram a apresentação dele bebê, que segundo o avô, era mais escuro que os demais familiares portugueses. E o avô fez referência a uma graxa de sapatos, dá época, chamada Zezo. E aí…. ficou o nome familiar.  Mas, Zezo não fez referência, talvez, por não saber ou não ter sido perguntado, o porquê de ter sido registrado como “Antônio”.

Foi um Twiter que ele recebeu de sua mãe Vilma, provavelmente, em resposta a essa indagação que vai informar que o nome “Antônio”, em seu nome, que refere o Santo Antônio de Categeró. Ao final do mesmo Twiter, Vilma encerra dizendo: “Você foi batizado, lá na mesma igreja (Matriz de Nossa Senhora do Ó). Portanto, ele é seu padrinho espiritual.

Conta sua mãe, no mesmo documento, que antes de ganhar – (adoção), ela ia com a vovó Mira (esposa do vô João), e com a dona Maria, vó da Gabi – (Tia Elliza), todos os meses no dia que o Santo Antônio de Categeró era homenageado, na igreja do largo da Freguesia do Ó, para assistir a missa e acender velas.

Informa, ainda, Vilma ao filho Zezo, que seu pedido nesses dias era para que ele (Santo Antônio de Categeró) lhe desse um filho. “Daí ele atendeu o meu pedido e me deu você. Por isso, coloquei Antônio seu nome. E você foi batizado, lá na mesma igreja. Fazendo então o fecho do Twitter em que declara Zezo afilhado do Beato Santo Antônio de Categeró.

O violonista Antônio Sergio Ribeiro, agora, no ano de 2018, onze anos após a entrevista do Jò  e seu recente encontro com a Tia eliza (mãe da Gai), é confrontado em sua identidade paralela, ao beato de Categeró, que foi saber nessa correspondência, recente, de sua mãe.

Zezo posta, na página Facebook, de Tia Eliza:” Obrigado por tudo que tem feito tia! Antônio é nome que me foi dado em devoção da minha mãe adotiva a Santo Antônio de Categeró! Bênção!”
E Tia Eliza lhe responde: “Tenha fé que tudo vai ser como Deus quer. Reza todas as noite antes de dormir, a oração do Santo Antônio de Categeró.”

“Deus te abençoe, sempre e, a tua família também.”

URL curta: http://categero.org.br/?p=13155

Publicado por em jul 9 2018. Arquivado em - Nas Artes. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Comentários e pings estão desabilitados.

Os comentários estão desabilitados!

Imagens

120x600 ad code [Inner pages]
CATEGERÓS NA EUROPA Por Laboratorio Web