A primeira geração de santinhos do Beato Antônio de Categeró da Igreja São Paulo Apóstolo em Canoas/RS

Este foi o primeiro santinho produzido na igreja de São Paulo apóstolo, na cidade de Canoas, no Estado do Rio Grande do Sul, para o Beato Antônio de Categeró.  Foram impressos  mil santinhos na apresentação do santo à comunidade da paróquia. Foi patrocinado pelos padrinhos da entronização do Beato Antônio de Categeró,

Igreja São Paulo de Canoas é vizinha do bairro Humaitá de Porto Alegre. E foi um desse santinhos que Mariana Martins  Pinheiro (minha mãe), recebeu dentro de um dos pacotes de compras, do rancho mensal, no Supermercado Maxi, existente bem no centro daquele bairro.

Em conversa com  o Tilton – do casal  Tilton Martins dos Santos e Janete Odila Novosady, devotos fervorosos, que trouxeram para Porto Alegre e, também Canoas,  a figura e devoção ao Santo escravo, confirmou ter atuado diretamente na distribuição de santinhos. Não só em Canoas, mas também, no Bairro Humaitá, na divisa das duas cidades. Lembrando, inclusive, desse supermercado de nome “Maxi”, onde a Dona Mariana disse ter ganho a estampa do beato dentro de uma das sacolas de compras do super, que foi só notar em casa.

Fez a leitura da oração e encontrou uma mensagem favorável ao seu desespero, por uma questão de retomada de seu imóvel, de moradia, em nome de seu filho Waldemar Pasteur Martins Pinheiro, pela Caixa Econômica Federal, por questões do contrato de venda de gaveta. Quando um mutuário transfere o imóvel, o que não era permitido pela Caixa – agente financeiro do Banco Nacional de Habitação – BNH.

 

URL curta: http://categero.org.br/?p=12971

Publicado por em abr 10 2018. Arquivado em - Na Sociedade. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Comentários e pings estão desabilitados.

Os comentários estão desabilitados!

Imagens

120x600 ad code [Inner pages]
CATEGERÓS NA EUROPA Por Laboratorio Web