Esta introdução, à descrição de “santinhos”, é obrigatória, antes de qualquer análise ou discussão

 

Uma introdução, à descrição de “santinhos” é obrigatória, antes
de qualquer análise, ou discussão sobre estampas.
Os santinhos são pequenos pedaços de material
antropológico, que nos contam a história
de uma comunidade do mundo católico.

Esta será a introdução “padrão”, que precederá em link, cada publicação nossa sobre santinhos ou estampas  do Beato Antônio Categeró. 

Os santinhos ou estampas religiosas exaltam a devoção católica. É uma tradição com meio milênio de existência. Começa, antes mesmo  de Salomão, quando já se fazia a distinção da idolatria, como vertente específica, única e exclusiva “ao Senhor Deus”. Os Cânones católicos definiram, no milênio passado,  os princípios de seu uso que não confronte com o preceitos antigos.
Não é raro, serem a maioria de estampas de santinhos, como popularmente são denominados, instrumentos continentes de uma oração, um resumo histórico da vida do santo, e outras informações úteis como, data, tiragem e, ostensivos ou subentendidos, algum tipo de autorização eclesiástica, ou vinculação paroquial, no mínimo a gratidão de um devoto, sendo tais sinais,  marcadores do tempo de um oratório, igreja, convento ou o órgão expedidor. Um ícone demarcador do próprio ser devocional de uma época. Por tanto, não são só pequenas estampas impressas. São a fontes da antropologia física de materiais, que revivem aspectos, administrativos e devocionais, das pessoas e dos administradores religiosos. 

Na pequena foto, acima, está a primeira estampa produzida sobre o Beato Antônio de Categeró, produzida no mundo. foi por um escravo, na Bahia, no ano de 1699. E sofreu uma “injusta” censura do Arcebispado da Bahia.

Clique aqui para ver a estampa “grande” em página separada 

(E aqui a cópia PDF da mesma estampa – Categ)

.
Abaixo, as primeiras imagens sobre o Beato Antônio de Categeró , como estampas, existentes. As duas primeiras do Brasil (São Paulo), respectiva-mente, 1961 e 1967; e a segunda, no ano de 2010, na cidade de Ávola, na Itália,  santinho correspondente a imagem, em tamanho natural, na igreja Santa Venera V.M., padroeira daquela cidade italiana.

fundacional-de-imagens

As duas primeiras imagens, da esquerda para a direita, são de autoria de Manoel Victor de Azevedo Filho, artista paulista de nomeada nacional. Mas, são estampas, sem a respectiva, estátua; já a terceira é foto, de uma escultura em tamanho natural, executada no ano de 2010, para a Igreja Santa Maria de Venera V.M., em Ávola, Itália.

Ressaltando que a descrição, não inclui a análise
ou a discussão, do que for, pertinente, a cada caso.
Doravante no Portal, nas descrições de santinhos,
dos diversos locais ou igrejas, será usado este link
como introdutório, ao que se expresse sobre
santinhos em uso nas tarefas da pesquisa da
história devocional de nosso Santo Beato. 

URL curta: http://categero.org.br/?p=13187

Publicado por em jul 20 2018. Arquivado em - Adm. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Comentários e pings estão desabilitados.

Os comentários estão desabilitados!

Imagens

120x600 ad code [Inner pages]
CATEGERÓS NA EUROPA Por Laboratorio Web