A relíquia do Beato Antônio de Categeró no largo do Ó, em São Paulo

Capela de Categeró

Capela de Categeró, na nave esquerda da igreja do Ó, ao fundo, de quem entra, nesta Matriz (vista de sua entrada.)

Capela de Categeró - Reliquia e retabulo

O altar da capela com a imagem, a relíquia à frente e a parte superior de um banco para ajoelhar.

A Igreja de Nossa Senhora do Ó, em São Paulo, (ou da Esperança) é a terceira igreja mais antiga de São Paulo. A Capelinha inicial, erguida por Manuel Preto, em 1580, e ampliada em 1610, tornou-se paróquia em 26 de março de 1796. Destruída por um incêndio, foi reedificada no lugar atual em 1896.

A capela, da nave esquerda desta igreja, foi dedicada com altar ao nosso Beato Antônio de Categeró. O recebimento da relíquia, ocorreu em 30 de julho de 1978. E, no dia 18, do mês seguinte, dia da padroeira da igreja, cumprindo compromisso, de mensalmente, de no dia 18 de cada mês – dia da padroeira, ser missa, também, dedicada em homenagem à memória do beato. Nessa missa são feitas bençãos especiais, são distribuídos pãezinhos e disponibilizados os cofrinhos de poupança às crianças da comunidade da igreja. Bem como, a aproximação dos devotos à relíquia (ossos do antebraço direito do beato) com beijo e benção, no relicário. Toda essa cerimônia ocorre durante a missa.

Mas, ao lado do altar, está a capela, onde uma antiga estátua de Beato Antônio de Categeró, se encontra entronizada,  no retábulo, ao fundo.  Logo a frente, um altar de três faces, que vai até o chão, todo em mármore, e no segundo degrau, contíguo ao retábulo, está o relicário. Este posto de forma que não ultrapassa, sua parte superior, a base inferior da imagem do beato.  No relicário de vidro estão expostos od dois ossos doa ante braço direito. Nos lados direito e esquerdo da urna lê-se as seguintes inscrições: “Esta relíquia consta dos dois ossos do antebraço direito do servo de Deus.

Foram doados a esta igreja, pelo bispo da Cidade de Noto (na Sicília, Itália). A relíquia foi recebida pelo povo de Deus, desta paróquia, em 30 de Julho, às 18 horas, na missas paroquial”. Agora a presença física do bem-aventurado Antônio, em São Paulo, representado por seu braço direito “que levava lenha e pão para os mais pobres”. A cidade de Noto tornou-se mais próxima e familiar aos devotos de nosso bem-aventurado, que já  não invejam o privilégio de em Noto, a igreja de Santa Maria de Jesus, guardar o corpo do beato.

Detalhes do relicário e da capela

DSC04375 (Small)

Placa que se encontra dentro do relicário descrevendo sua chegada ao Brasil e à NS do Ó.

DSC04370 (Small)

Relicário com os dois ossos do braço direito do beato. Note-se à esquerda, dentro a placa explicativa. (que está acima)

DSC04302

Quadro na parece à direita de quem entra, com fotos: Ms Salvatore (que trouxe os ossos); Da comissão de reconhecimento da ossada na Itália; e da urna com a ossada na Igreja de Santa Maria de Jesus.

Ms Salvatore Guastela

O religioso italiano, facilitador da vinda da relíquia, que escreveu a biografia do Beato em Português, antes de no idioma italiano.

URL curta: http://categero.org.br/?p=8927

Publicado por em mar 26 2014. Arquivado em - Adm, - Notícias atuais. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Comentários e pings estão desabilitados.

Os comentários estão desabilitados!

Imagens

120x600 ad code [Inner pages]
CATEGERÓS NA EUROPA Por Laboratorio Web